Tudo

Ralf Revela Que Ficou 4 Anos Sem Encontrar Chrystian: “A Gente Não Se Via”

Publicidade

O cantor Ralf compareceu ao velório de seu irmão e ex-parceiro de palco, Chrystian, na manhã da última quinta-feira, 20 de junho. Em um momento de grande emoção, Ralf falou sobre a dor de perder o irmão, que faleceu aos 67 anos após ser internado em um hospital.

A Triste Separação dos Irmãos

Durante uma entrevista à imprensa, Ralf desabafou sobre os anos que passaram separados devido às agendas de suas carreiras solo. “Infelizmente, não pude abraçar o meu irmão. Nossas agendas não coincidiam. A gente não se via há quatro anos. Isso é muito triste. Já havia perdido meu pai e minha mãe. Agora, meu irmão… A música perdeu um grande artista”, lamentou Ralf, conforme relatado pelo site Quem.

Publicidade

Elogios e Saudade

Ralf também fez questão de elogiar o irmão, destacando sua determinação e paixão pela música. “Nosso carinho e amor eram muito grandes, apesar das carreiras separadas. Ele era um cara batalhador e não se aquietava. Ele cantou a vida toda, queria continuar na ativa, fazer shows, se apresentar… Ele precisava de repouso, mas sempre foi um cara inquieto e ficava pra lá e pra cá. Acho que a falta de descanso — algo que era da natureza dele — prejudicou (a saúde)”, disse.

Despedida Emocionante nas Redes Sociais

Assim que soube da morte do irmão, Ralf expressou seu pesar nas redes sociais. “Meu irmão querido… Fizemos sempre o nosso melhor. Diante dos nossos compromissos, infelizmente não conseguimos nos despedir… mas tenho certeza que nosso ‘Pai’ te encaminhará na luz junto ao Senhor Jesus! Descanse em paz meu irmão Chrystian”, escreveu.

Carreira de Sucesso

Ralf e Chrystian formaram uma das duplas sertanejas mais icônicas, com vários sucessos ao longo das décadas, incluindo “Nova York”, “Chora Peito”, “Ausência”, “Noite de Tortura” e “Dez Minutos”. Chrystian, cujo nome verdadeiro era José Pereira da Silva Neto, nasceu em Goiânia, Goiás, e teve uma carreira que começou ainda na infância, quando era conhecido como Zezinho. Ele assumiu o nome artístico de Chrystian ao formar a dupla com Ralf.

O Falecimento de Chrystian

Chrystian faleceu aos 67 anos na noite de quarta-feira, 19 de junho, após ser internado em um hospital de São Paulo. Ele dedicou 60 anos de sua vida à música sertaneja, deixando um legado marcante e uma legião de fãs.

Momentos de Fé e Despedida

A esposa de Chrystian, Key Vieira, compartilhou um momento de fé nas redes sociais horas antes da morte do marido, postando a imagem de um crucifixo. Em um comunicado, Key Vieira e os filhos lamentaram a perda do cantor. “Com imenso pesar, a família e a equipe de Chrystian comunicam o falecimento do nosso querido esposo, pai e artista, ocorrido no Hospital Samaritano, em São Paulo. Chrystian dedicou 60 anos de sua vida à música sertaneja, construindo uma carreira brilhante e marcada por inúmeros sucessos. Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil”, escreveram.

A música sertaneja perde um grande talento, mas o legado de Chrystian continuará vivo no coração de seus fãs e na história da música brasileira.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo