Tudo

Asteroide “Potencialmente Perigoso” do Tamanho do Monte Everest Passará Próximo à Terra

Publicidade

Na próxima quinta-feira, 27 de junho, um evento astronômico notável ocorrerá: um asteroide do tamanho do Monte Everest, classificado como “potencialmente perigoso”, passará próximo à Terra. Este será o momento de maior aproximação do corpo celeste com o planeta nos últimos 125 anos.

Detalhes do Asteroide

Conhecido como “2011 UL 21”, este asteroide possui entre 1,7 a 3,9 quilômetros de largura e viaja a uma velocidade impressionante de 93 mil quilômetros por hora. Apesar de sua classificação de risco, ele passará a uma distância segura de cerca de 6.641.274 quilômetros da Terra, o que significa que, no momento, não representa uma ameaça significativa.

Publicidade

Características e Comparações

O “2011 UL 21” orbita o Sol uma vez a cada 3,09 anos e é maior do que 99% dos asteroides próximos à Terra, segundo a Agência Espacial Europeia (ESA). Embora não seja uma ameaça imediata, seu tamanho e velocidade poderiam causar destruição em escala planetária se colidissem com a Terra. Para contextualizar, ele é cinco vezes menor do que o asteroide que causou a extinção dos dinossauros.

Observação Pública

Os entusiastas da astronomia terão a oportunidade de assistir à passagem deste asteroide. O Projeto Telescópio Virtual (VTP) irá transmitir ao vivo o evento, utilizando imagens capturadas pelo Observatório Astronômico Bellatrix de Ceccano, na Itália. A transmissão começará às 17h (horário de Brasília) no dia 27 de junho.

Nos dias 28 e 29 de junho, o asteroide também poderá ser observado no céu noturno, com uma luminosidade semelhante à de Proxima Centauri. Para uma melhor visualização, será necessário o uso de um telescópio.

Próxima Passagem

Após esta aproximação, o “2011 UL 21” só poderá ser visto novamente em 2089, quando passará a cerca de 2,7 milhões de quilômetros da Terra, o que é 2,5 vezes mais próximo do que a passagem atual, conforme informado pelo Laboratório de Propulsão a Jato da NASA.

Conclusão

Embora o “2011 UL 21” seja classificado como “potencialmente perigoso”, sua passagem neste mês não representa um risco imediato para a Terra. No entanto, eventos como este servem como um lembrete da importância do monitoramento contínuo de objetos próximos à Terra. Fique atento e aproveite a oportunidade para observar este fenômeno astronômico raro através da transmissão ao vivo ou de um telescópio.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo